Nossos Parceiros

sábado, 18 de março de 2017

Instrutor de MMA da Academia Equilibrio Corporal de Três Palmeiras, fica em primeiro lugar no Internacional Open Jiu Jitsu.

No dia 18 de março aconteceu na cidade de Chapecó-SC, no Ginásio da Chapecoense o Internacional Open Jiu Jitsu um evento onde competiram mais de 300 atletas de vários estados em destaque atletas do RS e da nossa Região. Confira classificação:

Primeiro Lugar Faixa Azul 64 kg: Ronaldo Oliveira  da cidade de Ronda Alta-RS.

Terceiro Lugar Faixa Branca 84 kg: Gabriel Beutler da cidade de Três Palmeiras-RS. 

Primeiro Lugar Faixa Roxa 76 kg: Cesar dias de Nonoai-RS.

Primeiro Lugar Faixa Branca 79 kg: Lucas Prestes Nonoai-RS.

Segundo Lugar Faixa Roxa 70 kg: Vinicius Roncatto de Sarandi-RS.

Todos esses atletas treinam na escola R1 Svorpyon JJ e representaram muito bem suas cidades e o RS Parabéns a todos nossos atletas. Agradecemos a todos nossos colegas de equipe e familiares que nos apoiam sempre Professor faixa preta Vinicius Martins Serratti de Morais.

As informações são do Professor de MMA da Academia Equilíbrio Corporal da cidade de Três Palmeiras, Ronaldo Oliveira.





+ Mais Informações ››››››

sexta-feira, 17 de março de 2017

Sicredi Região da Produção reúne associados em Três Palmeiras para Assembleia Geral

Na noite desta sexta-feira dia 17 de março o Sistema Sicredi Região da Produção reúne os associados de Três Palmeiras para a Assembleia Geral de prestação de contas do exercício 2016 e planejamento de 2017.
+ Mais Informações ››››››

E AS DOAÇÕES NÃO PARAM DE CHEGAR

Essas doações serão entregues, as famílias atingidas pelo temporal em São Francisco de Paula.




+ Mais Informações ››››››

PROGRAMA VOZ MISSIONÁRIA NO AR DE 17-03-2017

+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1702 de 17-03-2017

+ Mais Informações ››››››

Três Palmeiras - Assembléia do Sicredi é Hoje

+ Mais Informações ››››››

Polícia Federal prende executivos das gigantes do setor de carnes JBS e BRF

Foto: Reprodução
A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira a “Operação Carne Fraca”, com o objetivo de desarticular organização criminosa liderada por fiscais agropecuários federais e empresários do agronegócio. É a maior operação já realizada pela Polícia Federal em toda a sua história, segundo a organização.

A operação detectou, em quase dois anos de investigação, que superintendências regionais do Ministério da Pesca e Agricultura do Estado do Paraná, Minas Gerais e Goiás atuavam diretamente para proteger grupos empresariais em detrimento do interesse público. Irregularidades como reembalagem de produtos vencidos e venda de carne imprópria para consumo humano foram encontradas.

A operação já prendeu executivos dos grupo JBS (de marcas como Friboi, Swift e Seara) e BRF (marcas como Sadia e Perdigão) e faz buscas nas residências dos investigados e nas sedes das empresas. O gerente de Relações Institucionais do Grupo BRF, Roney Nogueira dos Santos, e o funcionário da Searea, do grupo JBS, Flavio Cassou, estão entre os presos.

Os pedidos de prisão preventiva incluídos na decisão da 14ª Vara Federal de Curitiba incluem ainda os nomes do vice-presidente da BRF, José Roberto Pernomian Rodrigues, e do diretor da BRF, André Luiz Badissera.

A decisão também prevê o bloqueio de contas bancárias e de aplicações financeiras de até R$ 1 bilhão e o bloqueio de outros bens (sequestro e arresto) de 46 pessoas, entre elas Flavio Cassou, do JBS, e Roney Nogueira dos Santos, do BRF. A Justiça determinou o bloqueio de até R$ 1 bilhão das contas de 46 investigados na operação.

Procuradas, a JBS, que também controla a Seara, e a BRF ainda não responderam.

Entre as irregularidades encontradas pela Polícia Federal estão reembalagem de produtos vencidos, excesso de água, inobservância da temperatura adequada das câmaras frigoríficas, assinaturas de certificados para exportação fora da sede da empresa e do Ministério da Agricultura, sem checagem in loco, venda de carne imprópria para o consumo humano.

Cerca de 1.100 policiais federais estão cumprindo 309 mandados judiciais, sendo 27 de prisão preventiva, 11 de prisão temporária, 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão em residências e locais de trabalho dos investigados e em empresas supostamente ligadas ao grupo criminoso. As ordens judiciais foram expedidas pela 14ª Vara da Justiça Federal de Curitiba e estão sendo cumpridas em sete estados federativos: São Paulo, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goias.

“Os agentes públicos, utilizando-se do poder fiscalizatório do cargo, mediante pagamento de propina, atuavam para facilitar a produção de alimentos adulterados, emitindo certificados sanitários sem qualquer fiscalização efetiva”, disse a PF em nota.

Segundo as investigações, entre as ilegalidades praticadas por funcionários públicos, está a “remoção de agentes públicos com desvio de finalidade” para atender interesses dos grupos empresariais.

“Tal conduta permitia a continuidade delitiva de frigoríficos e empresas do ramo alimentício que operavam em total desrespeito à legislação vigente”, diz a nota.

O nome da operação faz “alusão à conhecida expressão popular em sintonia com a própria qualidade dos alimentos fornecidos ao consumidor por grandes grupos corporativos do ramo alimentício. A expressão popular demonstra uma fragilidade moral de agentes públicos federais que deveriam zelar e fiscalizar a qualidade dos alimentos fornecidos a sociedade”.

EXECUTIVOS ACUSADOS

A decisão da Justiça ressalta que Roney Nogueira dos Santos, da BRF, "alcança dinheiro a servidores públicos, remunera diretamente fiscais contratados, presenteia com produtos da empresa, se dispõe a auxiliar no financiamento de campanha política e até é chamado a intervir em seleção de atleta em escolinha de futebol". A acusação é de que ele teria até login e senha para acessar o sistema do Ministério da Agricultura. André Luís Baldissera, diretor da BRF, e Flavio Evers Cassou, funcionário da Seara (marca do Grupo JBS), também teriam a mesma linha de atuação, segundo o processo.

FONTE: O Globo
+ Mais Informações ››››››

Impressionante - Mulher emerge da lama e consegue se salvar em meio a deslizamento

Tempestades torrenciais que vêm atingindo o Peru nos últimos dias já deixaram centenas de desabrigados e pelo menos 11 mortos.

No norte do país, uma cena impressionante foi captada por uma câmera: uma mulher conseguiu escapar de um deslizamento de terra e emergiu da lama, para então ser resgatada pelas pessoas que estavam perto do local.





A imagem foi registrada e transmitida pela TV local. Evangelina Chamorro Diaz agora está no hospital recebendo tratamento - ela passa bem.

As chuvas se intensificaram nos últimos três dias, mas as tempestades ocorridas desde o início de ano já causaram 62 mortes, além da destruição de 12 mil casas destruídas, segundo autoridades locais.

Essa situação se deve a um fenômeno que, por suas consequências, é parecido com o El Niño, mas que está localizado apenas ao longo das costas do Peru e Equador.

Por essa semelhança, cientistas peruanos o batizaram de "El Niño costeiro".

BBC Brasil
+ Mais Informações ››››››

Entrevista Vereador Roberto Ferreira da Luz (Betinho) PDT.

Na manhã desta sexta-feira, dando continuidade a Rodada de entrevistas, estivemos conversando com o Vereador Roberto Ferreira  da Luz (Betinho) PDT.








Por ordem de Sorteio o vereador a ser entrevistado segunda feira será a vereadora Elissandra Graziela Berlet do PSB.

+ Mais Informações ››››››

Vereador preso em Bom Progresso é presidente da Câmara Municipal

Câmara Municipal de Vereadores. Foto: Reprodução

A cidades de Bom Progresso, Crissiumal, Estância Velha, Horizontina, Miraguaí, Novo Hamburgo, Porto Lucena, Santa Rosa, Sede Nova, São José – SC, Três de Maio e Três Passos foram alvos, na manhã desta quinta-feira, 16, de uma operação da Polícia Civil.

Até o momento, 18 pessoas foram presas, três delas em flagrante. Entre os capturados, está o presidente da Câmara de Vereadores de Bom Progresso, Maicon Leandro Vieira Leite (PP), de 30 anos.

Segundo a polícia, o vereador vendia parte das drogas na região e também dava suporte material para os traficantes. A operação, chamada de Noite Branca, tinha o objetivo de cumprir 72 mandados judiciais, 19 de prisão. Três prisões foram em flagrante.

Conforme o delegado Vilmar Schaefer, “ o vereador agia dentro da organização colocando veículos a disposição para busca de drogas ou para serem utilizados como batedores, buscando driblar a ação da polícia. Ele é um dos suspeitos de estar por trás da distribuição de cocaína na região de Três Passos, vinculado a esse grupo. A droga utilizada pelo vereador tinha origem em Novo Hamburgo.”

Fonte: TPNEWS
+ Mais Informações ››››››

Passo-fundenses são presos por tráfico de drogas em Santa Catarina

Na manhã desta quinta-feira (16), uma ação deflagrada pelos integrantes da Polícia Rodoviária Federal resultou na prisão de dois passo-fundenses por tráfico de drogas na BR 101 em Biguaçu, no estado de Santa Catarina.

Os policiais rodoviários federais abordaram um veículo Ford Focus, de cor branca, de placas IXG-8983 de Passo Fundo, e acabaram apreendendo três mil comprimidos de ecstasy e 15 quilos de maconha.

O motorista foi identificado como Luis Felipe Frigheto Medeiros, de 22 anos, e na carona o Jackson Ferreira Jacks, de 24 anos. Os dois são moradores de Passo Fundo.

Segundo o relato da dupla, eles haviam buscado droga em Itapema para entregar em Florianópolis.

Diante do fato, os policiais deram voz de prisão para os passo-fundenses, que foram conduzidos à Central de Plantão Policial de São José, onde foi lavrado o flagrante e posteriormente recolhidos ao Sistema Penitenciário Catarinense.

Rádio Uirapuru
+ Mais Informações ››››››

Passo Fundo encaminha nota de repúdio à Reforma da Previdência

Como deliberação, uma nota de repúdio à reforma será encaminhada para Brasília

Na noite desta quinta-feira (16), uma audiência pública, realizada no Plenário Sete de Agosto, discutiu a Reforma da Previdência, em tramitação com a PEC 287/2016. A discussão, proposta pela Comissão de Cidadania, Cultura e Direitos Humanos, reuniu cerca de 200 pessoas, oriundas de diferentes setores e classes sociais. Como deliberação, uma nota de repúdio à reforma será encaminhada para Brasília.

As mudanças no sistema previdenciário foram apresentadas no final do ano passado. Dentre as regras estabelecidas caso haja a aprovação, está equiparação da idade mínima entre homens e mulheres para adquirir o benefício, que passará a ser de 65 anos. Com as regras atuais, os homens podem se aposentar aos 60 e as mulheres aos 55. Além disso, a reforma prevê o tempo mínimo de contribuição de 25 anos, que hoje é 10 anos a menos.

O presidente da Casa, vereador Patric Cavalcanti (DEM), abriu a audiência destacando que essa é uma oportunidade de debater e permitir que as pessoas compreendam a medida, que vai impactar na vida de todas elas. “A PEC 287/2016 vem causando grande repercussão no país. Não há clareza desse déficit apresentado para a reforma. Por isso, essa casa legislativa dá voz à população, esclarecendo as mudanças que estão tramitando e as suas consequências”, mencionou.

Uma das principais alegações do Governo Federal quando se trata da PEC é o déficit previdenciário que o país enfrenta atualmente. O responsável pela Comissão de Direito Previdenciário da OAB de Passo Fundo, Aldo Nogueira, defendeu que esse déficit apresentado foi feito a partir de informações que não são transparentes. A organização possui um posicionamento nacional contrário à reforma. “A OAB traz dados negativos sobre essa reforma, que, no sentido geral, vem diminuir os direitos sociais dos trabalhadores. Queremos que esse debate seja ampliado, que os 122 substitutivos da medida sejam apresentados. A sociedade tem que ter conhecimento deles e do que eles vão trazer”, defendeu.

O promotor do Ministério Público Federal, Marcelo Juliano Vieira Pires, apontou para uma série de momentos em que o dinheiro da previdência foi utilizado para obras públicas. Um exemplo utilizado data as décadas de 50 e 60, quando mais de US$ 50 bilhões foram retirados para esse fim. Segundo ele, esse déficit que está sendo mostrado não acontece por conta do trabalhador, mas por conta de uma má administração. “São fatos históricos que ocorreram e tiveram um custo. O problema, talvez, não seja de caixa, mas de gestão do dinheiro público. Quando não chega para pagar a conta, querem fazer algo de maneira açodada. Falta informação e debate sobre esse déficit”, disse, elencando seis mudanças previdenciárias feitas durante 27 anos e que não conseguiram segurar o suposto déficit.

Concordando com o posicionamento de Marcelo, de que há uma má gestão, o procurador federal Edvanio Cecon relatou que há uma falta de transparência quanto aos dados sobre a arrecadação e o déficit da previdência. Conforme ele, o governo quer aprovar a PEC num curto prazo, sem permitir um debate aprofundado com a população. Esse é um assunto que mexe com a vida de todos e, portanto, precisa ter suas causas e reflexos compreendidos. “Acho que uma reforma é necessária. Nascem menos pessoas e estamos vivendo mais. A pirâmide demográfica tem se achatado. Mas não dessa maneira absurda, autoritária e pouquíssimo – ou nada – transparente”, argumentou.

Também compondo a mesa, representando o sindicato de uma das categorias mais afetadas com a reforma, a dos trabalhadores rurais, Alberi Ceolin enfatizou que quem vive no campo começa a auxiliar na produção ainda criança. O trabalhador rural enfrenta frio, calor, sol e chuva para poder levar comida à mesa das pessoas e sustentar a sua família. Para ele, essa reforma o atinge negativamente, uma vez que ele não terá o vigor necessário para trabalhar até os 65 anos. “De tudo o que vendemos hoje, 2,1% da venda é automaticamente descontado. Se não está entrando na previdência, que fiscalizem quem está tirando de nós”, criticou.

Em meio às falas, Patric mostrou um vídeo de um convidado que não pôde comparecer. Presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Edegar Pretto (PT) parabenizou o Legislativo Municipal por promover esse encontro. Ele disse ser contra a reforma e ponderou que essa não é uma briga partidária.

Em nome da comissão, o presidente, vereador Fernando Rigon (PSDB), justificou que a audiência é uma maneira de fazer chegar até Brasília um posicionamento do legislativo dos municípios. “A comissão entendeu que era fundamental a realização dessa audiência para que a população soubesse do que trata essa reforma. Temos que trazer debates e não podíamos nos omitir. Talvez, seja pouco. Talvez, tarde. Mas estamos fazendo a parte de cidadania”, elucidou.

Utilizando a tribuna, Rigon mostrou dados previdenciários, concluindo que todas as pessoas, as que ganham mais e as que ganham menos, sairão perdendo com a reforma. No caso da equiparação de idades, ele a considera injusta, uma vez que, em sua maioria, as mulheres mantêm dupla ou tripla jornada de trabalho. O vereador ainda apresentou estimativas que mostram que 25% das pessoas aposentadas continuam trabalhando e contribuindo com a previdência sem ter que receber futuramente e respaldou que faltam dados mais claros sobre o déficit descrito pelo governo federal.

Durante os pronunciamentos dos participantes, a posição contrária à proposta foi ratificada a cada nova participação. A maioria lamentou a forma como a reforma foi imposta, a falta de transparência e pediu a possibilidade de ampliar o debate. Os inscritos questionaram o grande salto de idade mínima, as alterações da aposentadoria rural, o favorecimento do poderio privado, dentre outros pontos, alegando que todos os itens desta nova proposta são nocivos aos trabalhadores. O vereador Alex Necker (PCdoB) também se posicionou e disse que é necessária a mobilização da população para pressionar os deputados e senadores a se posicionarem contrários à reforma.
+ Mais Informações ››››››

Município de Três Palmeiras apoia campanha de arrecadação as vitimas de tornado em São Francisco de Paula

9Ofício do Sr Prefeito Municipal Silvanio Antonio Dias, disponibilizando transporte as doações da comunidade ás vitimas de tornado de São Francisco de Paula.

Ao Poder Público Municipal de Três Palmeiras nosso agradecimento em nome das vitimas desta tragédia.


Um bom volume de doações estão chegando na rádio a todo momento.
Muito obrigado a todos pela colaboração.
+ Mais Informações ››››››

920 - 17 DE MARÇO, SEX - AMAR O DEUS VERDADEIRO E NÃO TER ÍDOLOS

+ Mais Informações ››››››

Nonoai: Polícia registra primeiro homicídio de 2017

A Polícia Civil e a Brigada Militar de Nonoai registraram no início da noite desta quinta-feira, (dia 16/03), por volta das 19 horas, o primeiro caso de homicídio em Nonoai neste ano de 2017. A vítima foi identificada como Lucenir da Silva – 34 anos.
Segundo o relato de algumas testemunhas, dois homens estavam no Posto do Montagna e tentavam fazer funcionar uma colheitadeira que estava no pátio. A vítima chegou ao local de carro próprio (um Gol vermelho), conversou com os dois homens e entraram em luta corporal. Após Lucenir subir na colheitadeira recebeu vários disparos de arma de fogo. Em seguida os suspeitos saíram em direção a Chapecó com um VW Gol de cor prata. A vítima morreu ainda dentro da cabine da colheitadeira.
De acordo com o Delegado de Polícia, Dr. Marino Franceschi, as imagens de vídeo monitoramento do Posto e testemunhas devem auxiliar na investigação.
+ Mais Informações ››››››

quinta-feira, 16 de março de 2017

Rafael Rossetto ressalta força da Educação e do Cooperativismo a agricultores em Constantina


A luta por um mundo mais justo e solidário só terá resultados se ocorrer, na visão do diretor-presidente do CESURG, Rafael Rossetto, através da parceria entre diversos setores da sociedade. Assim afirmou o educador aos mais de 600 associados da Cresol em Constantina, durante evento que reuniu associados e colaboradores da cooperativa, na tarde desta quarta-feira (15), quando a cooperativa realizou Assembleias Ordinária e Extraordinária com a participação de representantes dos pontos de atendimentos em toda a região.
Segundo Rafael Rossetto, “a Educação e o Cooperativismo caminham juntos na defesa de um mundo mais justo e solidário, e só unidos conseguiremos conquistá-lo. Precisamos trabalhar juntos em busca desse mundo que tanto queremos”. A participação do CESURG na comunidade regional também foi destacada pelo professor e diretor-presidente da instituição. “O CESURG possui uma veia de desenvolvimento socioeconômico e cultural muito forte. A agricultura familiar e a produção de alimentos mais saudáveis são duas pautas que a instituição mais desenvolve junto aos acadêmicos, pois entendemos que o agricultor é elemento fundamental para esse mundo mais justo, saudável e sustentável”, acrescentou.

Assessoria de Comunicação CESURG
+ Mais Informações ››››››

Acadêmicos do CESURG visitam Expodireto Cotrijal 2017

A proposta de um aprendizado que alie teoria e prática proporciona momentos de aplicação dos conhecimentos construídos em sala de aula. Com esse objetivo, o CESURG oportuniza aos seus acadêmicos e professores oportunidades para a visualização das informações adquiridas e o emprego do conhecimento. Esse é um dos diferenciais do Centro de Ensino Superior Riograndense: aliar teoria e prática, formando um profissional atualizado em relação às necessidades do mercado de trabalho.
Na última semana, estudantes do curso de Agronomia do CESURG em Marau e dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária do CESURG em Sarandi participaram da Expodireto Cotrijal 2017, feira realizada em Não-Me-Toque entre os dias 06 e 10 de março. Na feira, os acadêmicos puderam observar e esclarecer dúvidas sobre a agricultura familiar – um dos nortes da formação na instituição – e o agronegócio, que juntos impulsionam a economia e a produção de alimentos no país. A feira também é conhecida por lançar tecnologias que auxiliam o produtor rural, espaços de máquinas e dinâmicas que também foram visitados pelos estudantes, momentos para a busca de informações sobre as tecnologias de ponta que aperfeiçoam ainda mais a produção rural.
A presença dos estudantes na feira confirma a destacada formação do CESURG, com teoria e prática muito presentes na grade curricular. “Um dos nortes da formação acadêmica do CESURG é o estudante aprender a teoria e saber aplicá-la na prática. Sempre aproximamos muito o conhecimento e a realidade que os acadêmicos encontram no mercado de trabalho, formando um profissional muito qualificado, pois de nada adianta um conhecimento distante do que o profissional encontra no mercado”, explica o diretor-presidente do CESURG, Rafael Rossetto.


Assessoria de Comunicação CESURG
+ Mais Informações ››››››

LIQUIDA MOSTRUÁRIO NA COTRISAL










 Entrevista com o Gerente da Cotrisal de Três Palmeiras Adilio Pereira.

+ Mais Informações ››››››

Programa 079 16-03-2017 CEL São Lucas da Vila Progresso


+ Mais Informações ››››››

Jornal da Liberdade Edição 1701 de 16-03-2017

+ Mais Informações ››››››

Postagens que talvez você não viu!!!

Nossos Parceiros